Por Roberto Dall'Agnol 

Data: 15 a 30 de julho de 2014

Durante o mês de julho de 2014, constava na minha agenda uma viagem de negócios para Candeias, na Bahia (próximo a Salvador). Como este é o mês de férias escolares, resolvi programar também as férias da família e conhecer algumas reservas e parques do Nordeste, com o objetivo de observar aves endêmicas da região. Assim, planejei visitar: 

  1. A Estação Biológica de Canudos (Bahia) e o Projeto Arara-azul-de-lear
  2. A FLONA do Araripe, em Crato (Ceará) e o Projeto Soldadinho-do-araripe
  3. A RPPN Pedra D’Anta, em Lagoa dos Peixes (Pernambuco)
  4. O Jardim Botânico de Brasília (escala do voo para Tocantins)
  5. E, finalmente, o Parque Estadual do Jalapão (Tocantins).

A este último, fui de avião, pois iria encontrar minha família; nos demais, o percurso foi de carro locado, mais ou menos 2.500km no total, saindo de Salvador, fazendo o percurso acima e retornando à capital baiana. Foram 10 dias de carro e mais cinco dias no PE do Jalapão, de 15 a 30 de julho.

Os contatos foram feitos através de amigos que participam de vários eventos de aves ao redor do Brasil, como o AVISTAR e oficinas de fotografia, e no WikiAves. Ao final do relato, coloco os nomes e e-mails para quem quiser fazer contato. Todos colaboraram muito para que a programação funcionasse 100%. Avistei 153 aves endêmicas, sem contar as demais. Apresento algumas neste relato, mas as demais podem ser vistas no meu perfil no WikiAves.

Para baixar o relato completo, clique >>aqui<<.