Prezados associados,

usando a prerrogativa que me compete, diante do Estatuto do Clube dos Observadores de Aves de Porto Alegre – RS, convoco todos os sócios para Assembleia Geral Ordinária que será realizada dia 13 de abril de 2019, na Escolinha do Jardim Botânico de Porto Alegre – RS, localizada na Rua Dr. Salvador França, 1427, CEP 90.690-000, Porto Alegre – RS.

Ordem do dia: 1º - Apresentação dos resultados econômico-financeiros e do Relatório Social 2017/18 de 2018 2˚ - Deliberação e Aprovação, se devidamente homologados, dos projetos a serem realizados pelo Clube conforme Instrução Normativa aprovada pelos sócios 3º - Demais assuntos de interesse do Clube.

Primeira chamada às 10h30min, Segunda chamada às 11:00 horas. Se na segunda chamada não estiverem presentes a metade dos sócios mais um para deliberarem, a assembleia será realizada com o número de sócios presentes, como prevê o estatuto.

Só poderão ter direito a voto os associados que estiverem quites com a anuidade de 2019.

Porto Alegre, 11 de março de 2019.

Roberto Luiz Dall’Agnol
Presidente

O dia estava chuvoso e, por isso, não ocorreu a tradicional observação de aves antes da reunião. Porém, alguns associados fizeram observações livres no entorno da escolinha do Jardim Botânico.

Iniciamos a reunião às 9h30, com as boas-vindas do Presidente Roberto Dall’agnol, que apresentou a pauta da reunião do dia e nominou a nova diretoria do clube. Logo em seguida, fez uma apresentação informando os próximos projetos do Clube e possíveis novos projetos, construção do relatório social e a participação do COA-POA no conselho consultivo do Refúgio de Vida Silvestre Banhado dos Pachecos através dos dois integrantes da diretoria, Antônio Brum e Fernanda Ribeiro da Silva.

Também tivemos a apresentação de dois novos associados, a Bióloga Soraya Ribeiro, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Alegre – SMAM, e o Sr. Roberto Botelho, de São Francisco de Paula.

Antônio Brum seguiu a pauta apresentando o calendário de atividades de 2019. Ocorreu uma integração entre os presentes com relação a possibilidade de visitarmos novos locais e um incentivo maior dos próprios associados proporem saídas independentes em Porto Alegre e outras regiões do Estado. Também foi informado que a saída para o Rio dos Sinos ainda depende de confirmação, devido à complexidade da logística envolvida.

Roberto voltou a falar sobre projetos, descrevendo resumidamente como fazer e propor projetos ao Clube. Os projetos poderão ser propostos por qualquer associado e devem estar dentro das cinco linhas, de acordo com os objetivos do COA-POA, que foram propostas pelo Diretor Técnico-Científico Glayson Bencke: pesquisa científica, conservação de espécies e áreas, educação ambiental e sensibilização, promoção da atividade de observação de aves e fortalecimento institucional. Mais informações serão colocadas no site do COA-POA.

No dia 1° de dezembro de 2018 ocorreu a confraternização de final de ano do Clube de Observadores de Aves de Porto Alegre. A confraternização foi realizada no salão de festas do Condomínio Goufe II, em Águas Claras - Viamão, gentilmente cedido pelo sócio Glauco Magalhães, que também nos recebeu em sua casa no referido condomínio. Na ocasião, os participantes tiveram a oportunidade, durante a manhã, de realizar uma observação de aves dentro do recinto, que conta com duas APPs (áreas de proteção permanente), lagos e matas nativas, todas em bom estado de preservação.

Foram registradas 48 espécies de aves no local (a lista pode ser acessada ao final), destaque ao azulinho e filhote do pica-pau-verde-barrado. No mesmo local os participantes puderam apreciar uma perseguição de um chimango por 7(sete) tesourinhas que o expulsavam do local. Os participantes também puderam observar, na mata nativa, uma capela de bugios, que descansavam passivamente na copa das árvores e não se afastaram com a presença do grupo.

No dia 06 de outubro de 2018, o COA-POA realizou a VII Oficina de Observação de Aves para Iniciantes. Diferentemente das vezes anteriores, onde a oficina era ministrada no Jardim Botânico de Porto Alegre, dessa vez o evento foi realizado em Osório, no Complexo Eólico Osório, com o apoio do Grupo Enerfin.

Com a presença de 14 participantes, alguns deles já associados ao COA-POA, mais cinco membros do Clube responsáveis pela organização/apresentação do evento, a Oficina iniciou com a parte prática de observação de aves em uma parada no caminho até o auditório da Enerfin. Após algumas explicações/dicas iniciais sobre a atividade de observação de aves, dadas por Glayson Bencke, o grupo registrou as primeiras aves do dia, ao longo de uma estrada de terra cercada por campos secos e áreas úmidas.

Baixe o reatório completo da VII Oficina acessando este link.

Iniciamos as atividades, antes da reunião na escolinha, fazendo a costumeira observação de aves no Jardim Botânico, que durou duas horas (das 8h até as 10h). Um dia muito bonito, sem vento, sol e temperatura agradável. Muitos filhotes e ninhos observados ao longo do trajeto (nove espécies em atividade de reprodução confirmada), em especial os filhotes de tapicuru (Phimosus infuscatus) escondidos na vegetação do lago dos cisnes, e um filhote de chupim (Molothrus bonariensis) junto com um filhote de tico-tico. No total foram registradas 51 espécies (lista abaixo), das quais oito são consideradas migratórias. Realmente um dia especial pois batemos o recorde de aves registradas durante as observações antes das reuniões mensais no JB. O recorde anterior havia sido em 05/11/2016, com 46 espécies registradas naquela ocasião, porém em apenas uma hora de observação (dessa vez foram duas horas).

Destaque para o vira-bosta-picumã ou chupim-azeviche (Molothrus rufoaxillaris), confirmado pela primeira vez no Jardim Botânico, e para uma coruja-orelhuda (Asio clamator), a qual permitiu belas fotos na trilha da mata no lado norte do JB. Também avistamos um trio de gaviões-carijó (Rupornis magnirostris) sobrevoando a área próximo ao anfiteatro, um deles mudando uma das primárias. No retorno pelo campo do anfiteatro observamos um casal de quero-queros (Vanellus chilensis) defendendo da maneira usual um ninho com dois ovos.

A reunião começou às 10:00 hs com o Sr. Antônio de Brum abrindo os trabalhos. Foi informado que a saída à APA Banhado Grande (Chicolomã) foi adiada para o dia 24/11, sendo o ponto de encontro no Café/Restaurante Maquiné em Sto. Antônio da Patrulha, às 8:00hs.

Foi lembrado também que no feriado do dia 15/11 e fim-de-semana 17/11 participaremos do Festival de Aves Migratórias em Mostardas/Tavares. Os colegas Fabio Duarte e Jair Kray irão ministrar um curso sobre fotografia e observação de aves. Todos estão convidados a participar deste belo evento e prestigiar as atividades no PN Lagoa do Peixe.

O Antônio comentou sobre a saída realizada na Reserva Biológica do Lami, área muito bem preservada com variedades de ambientes de mata, campo e banhados. Não observamos muitas espécies, mas a área tem muito potencial e talvez façamos uma saída de dia inteiro no próximo ano.

O encontro de final de ano será dia 01 ou 02 de Dezembro na casa/sítio do colega Glauco. Será informado local/data e detalhes nas próxima semana. Existe um tópico no Forum para o associado votar escolhendo sua data preferida.

Encerramos a reunião às 10:45hs para realização da Assembléia Geral, conforme havia sido informado por Edital publicado em 30/10/2018.

Fotos

5

Grupo do Coa-Poa registrando o recorde de espécies de aves observadas em uma reunião no Jardim Botânico. Foto: Glauco Magalhães.

 

1

Vira-bosta-picumã. Foto: Roberto Dall’Agnol

 

2

Coruja-orelhuda. Foto: Glauco Magalhães

 

3

Quero-quero. Foto: Roberto Dall’Agnol

 

4

Ninho de quero-quero. Foto: Roberto Dall’Agnol

 

Lista de aves observadas

Acesse este link para baixar o relatório completo da reunião, incluindo a lista de aves observadas ao final.

Os sócios do Clube se reuniram às 8:15h, dando início à observação de aves no Jardim Botânico. O tempo estava fechado e com pancadas de chuva, que foram se intensificando e tivemos que cancelar a observação após 30 min. do início. Ainda assim foi possível visualizar 22 espécies, conforme lista anexa.

Após o passeio para observação de aves, foi iniciada a reunião com uma breve apresentação da saída do dia 22 de setembro de 2018, no Parque Mascarenhas de Moraes em Porto Alegre, com mostra de algumas fotos que podem ser conferidas no relatório da saída publicada no site.

Em seqüência o associado Roberto falou sobre a Oficina de Observação de Aves realizada pelo COA no Parque Eólico de Osório, ressaltando os resultados positivos e satisfatório que teve a oficina frente a administração do parque e as pessoas que participaram do evento, frisando que eventos do tipo devem ser incentivados para a próxima gestão.

Seguiu fazendo uma descrição sobre as questões fiscais e jurídicas envolvendo a associação, especialmente sobre a natureza jurídica do clube e como devem ser guiados os atos das pessoas envolvidas nas atividades do clube. Destacou que todas as atividades do CoA/POA devem ser fotografadas e registradas para comprovação do cumprimento de suas funções sociais.

Foi realizado um intervalo de 15 min. e no retorno a associada Fernanda falou sobre a atividade que a mesma realizou com crianças do ensino fundamental em uma escola de São Leopoldo, professora Rosmari. Também comentou sobre a participação do COA/POA na semana acadêmica a ser realizada na Universidade Luterana do Brasil – ULBRA, aos alunos do curso de biologia, onde será realizada uma atividade de observação de aves no campus, tendo como monitores Antônio Brum e Fernanda. Bem como, durante toda a semana acadêmica o COA/POA estará expondo o varal fotográfico.

Após debates sobre assuntos diversos sobre as atividades do COA, especialmente para o próximo ano, foi reforçado o comparecimento na próxima reunião, dia 10 de novembro de 2018, onde se fará Assembléia Geral para eleição da nova diretoria. Ao final, também, foram sugeridos os dias 01 ou 02 de dezembro de 2018, para a confraternização dos associados do Clube, que deverão votar pelo forum a data de preferência neste link.

A reunião foi encerrada às 11:00h e estiveram presentes 9 integrantes do Clube.

Prezados associados,

usando a prerrogativa que me compete, diante do Estatuto dos Observadores de Aves de Porto Alegre – RS, convoco todos os sócios para Assembleia Geral Ordinária que será realizada dia 10 de novembro de 2018, na Escolinha do Jardim Botânico de Porto Alegre – RS, localizada na Rua Dr. Salvador França, 1427, cep 90.690-000, Porto Alegre – RS. 

Ordem do dia: 1º - Eleição da diretoria e Conselho Fiscal para a gestão de 2019. 2º - Demais assuntos de interesse do Clube. 

Primeira chamada às 10:30 horas, Segunda chamada às 11:00 horas. Se na segunda chamada não estiverem presentes a metade dos sócios mais um para deliberarem, a assembleia será realizada com o número de sócios presentes, como prevê o estatuto. 

Só poderão ter direito a voto os associados que estiverem quites com a anuidade de 2018.

Porto Alegre, 31 de outubro de 2018. 

Antônio Coimbra de Brum
Presidente.

EDITAL
ELEIÇÕES DA DIRETORIA COA-POA
PARA 2019

O Clube de Observadores de Aves de Porto Alegre (COA-POA) informa, através do presente edital, a todos os associados contribuintes que quitaram a anuidade de 2018, que no dia 10 de novembro de 2018, na Escolinha do Jardim Botânico de Porto Alegre, Rua Dr. Salvador França 1.427, em Porto Alegre, às 11 horas da manhã, acontecerão as eleições da diretoria e do conselho fiscal do COA-POA para o ano de 2019.

As chapas para eleição de diretoria e conselho fiscal deverão ser inscritas até 06/11, através de e-mail enviado ao endereço contato@coapoa.org.

Somente poderão votar e participar das chapas os associados que recolheram a anuidade de 2018.

Porto Alegre, 03 de outubro de 2018.

___________________________
Antônio Coimbra de Brum
Presidente
COA-POA

O Clube de Observadores de Aves de Porto Alegre – RS convida a todos para participarem da reunião mensal do clube no dia e horário abaixo.

Dia: 15 de setembro de 2018.

Local: Escolinha do Jardim Botânico de Porto Alegre

Horário: Das 08:00 às 12:00 horas.

Programação:

8:00h às 9:30h - Observação de aves no interior do Jardim botânico, aberta a toda comunidade.

9:30h às 9:45h – Intervalo.

9:45h às 10:00h – Boas vindas e apresentação da saída do dia.

10:00 às 10:15 - Assuntos diversos de interesse ao clube.

10:15 às 10:45 – Apresentação da saída ao Banhado dos Pachecos e apresentação de resultado da Oficina de Observação de Aves realizada no Morro do Osso.

10:45 às 11:00h – Exibição de vídeo de 15 mim. Sobre o título: Antártica: Entre aves e growlers. O vídeo exibe a participação do associado Antônio Brum na expedição à Antártica em 2017. O vídeo é exibido no programa de comemoração à semana Polar Ártica e Antártica, que se realiza neste mês, no Brasil.

11:00 às 12:00 – Uma Viagem ao Pantanal – Apresentação de Glauco Magalhães Pereira, que falará sobre viagem recente feita ao Pantanal.  Serão exibidas fotos e vídeos sobre a fauna e sobre a viagem.

Contamos com a sua presença.

Diretoria COA-POA/2018.

Começamos o dia com a observação de aves no Jardim Botânico. Um dia muito frio (8°C), com uma garoa fina caindo, um pouco de neblina: nada impediu que 25 observadores, sócios e participantes em geral, observassem 27 espécies ao longo das trilhas do Jardim Botânico.

Como atrações especiais, além dos beija-flores dourados nas flores do molungu, também observamos um sabiá-laranjeira leucístico e dois encontros (Icterus pyrrhopterus) no topo de uma das árvores.

Clique aqui para baixar a lista de espécies observadas.

Retornamos para a sala de reuniões na Escolinha,onde foi iniciada a reunião às 9:45hs. O Sr. Antonio Carlos de Brum, Presidente do COA-POA deu iníco a reunião com a excelente notícia que finalmente obtivemos o CNPJ para o Clube, abrindo assim a possibilidade de participarmos em novos projetos e captarmos recursos quando for de interesse do Clube junto aos órgãos competentes. Também foi lembrado que teremos em breve a Assembléia Geral (em Novembro) para eleição da nova diretoria e que os sócios interessados devem compor as chapas para a eleição dentro do prazo legal. O Sr. Presidente informou que estará viajando a estudos a partir deste mês até Dezembro, ficando a Vice-Presidente, Sra. Maria do Carmo responsável pelo Clube durante este período. Outro tópico relembrado foi a realização da Oficina de Aves, tradicional evento do Clube, e que este ano será realizado no Morro do Osso, provavelmente dias 05 ou 06 de Outubro.

Estava presente e apresentou-se um novo sócio, o Sr. Marcus Vinicius Rodrigues, bem como três participantes de um projeto sobre avifauna em Alvorada.

O colega Armando Divan tomou a palavra e apresentou relato sobre sua viagem ao Nordeste do Brasil, comentando sobre as atrações na Paraíba, Jardim Botânico local, e no Rio Grande do Norte, cidade de Macau,mais especificamente na Ponta do Tubarão.

Às 10H45 teve início a palestra do Sr.Roberto Dall’Agnol, sobre o curso por ele realizado no Laboratório de Ornitologia da Universidade Cornell, em Ithaca, estado de Nova Iorque, nos Estados Unidos. O curso com duração de oito dias versou basicamente sobre três assuntos:

  1. identificação de aves ( perfil,tamanho,padrões de cores/penas,comportamento e habitat)
  2. reprodução,atração e vocalização ( incluindo os projetos de bioacústica do laboratório)
  3. evolução,diversidade e hibridização

O palestrante tambêm apresentou as últimas novidades em softwares desenvolvidos pelo Laboratório, como o Merlin, que auxilia na identificação das aves, o eBird que permite o registro das aves observadas ao longo de um trajeto, e o Raven, que auxilia na qualidade das gravações dos cantos das aves.

Nada mais havendo a tratar foi encerrada a reunião, lavrada a presente Ata pelo Secretário e firmada pela Presidente e pelo Secretário.

Porto Alegre, 11 de agosto de 2018.

Antônio Carlos de Brum Roberto                                           Luiz Dall’Agnol

Presidente                                                                       Secretário

A reunião do mês de julho iniciou com a caminhada de observação de aves no Jardim Botânico, das 8h10min às 9h45min. Foram observadas 38 espécies (descritas na lista publicada no final desse relato), um bom número considerando a época do ano (inverno). O dia estava ensolarado e pouco frio.

Antônio Brum iniciou a reunião presencial na Escolinha as 10h, dando as boas-vindas e comentando sobre as espécies observadas, dentre elas alma-de-gato e alegrinho.

Em seguida, os quatro novos sócios foram apresentados e em conjunto também foi apresentado o site do COA, as principais atividades e os planejamentos das próximas saídas do grupo. Também foi explicado como que é possível adquirir produtos na loja virtual.

Destacamos a visita nesta reunião do colombiano Fredy Gutierrez, que desenvolve atividade de promoção cultural e turismo e está envolvido na observação de aves no seu país e no Brasil; e da australiana Charlie Wright, que ao se apresentar falou um pouco do seu trabalho que vem desenvolvendo no Brasil e na Austrália, consistindo na elaboração de planejamento para criar conectividade entre propriedades rurais e beneficiar o deslocamento da fauna. Também estiveram presentes o Advogado Juarez Freitas, sua esposa Maria e o filho Thomas, todos envolvidos no estudo de questões ambientais.

Iniciamos a apresentação das saídas realizadas no último mês pelo Eduardo Chiarani. A última saída foi para Morro Reuter. Nessa saída tivemos 7 participantes e foram observadas 57 espécies de aves e 2 mamíferos, cujo relatório será postado em breve.

Logo depois, Glayson Bencke relatou a saída para observação de aves pelágicas em Torres. Além de promover uma ampla e ótima discussão sobre identificação de aves pelágicas e como identificar a idade dos jovens albatrozes pela troca de penas e como se dá a muda de penas desse grupo de aves. Foi um momento bem produtivo para todos os presentes, gerando muitas perguntas.

Finalizando a reunião, tivemos os relatos dos associados que mostraram interesse em apresentar suas fotos das últimas saídas. A sócia Ana Azevedo da Silva e do novo sócio colombiano, Fredy, que apresentou um vídeo sobre regiões importantes para a observação de aves na Colombia.

A reunião encerrou-se as 12h.

Lista de aves observadas

Clique aqui para baixar a lista de aves observadas.

Fotos

1

 

2

 

3

 

4

 

Nosso encontro mensal do Clube de Observadores de Aves de Porto Alegre teve início às 8:00 horas com a costumeira observação de aves no Jardim Botânico, encerrando-se esta atividade às 9h45min. Apesar do frio intenso 12 associados estiveram presentes e contemplaram uma espécie registrada pela primeira vez no Jardim Botânico: um belo socó-boi (Tigrisoma lineatum), adulto, que ficou um bom tempo no lago dos cisnes e depois empoleirou-se no taquaral onde rendeu ótimos registros fotográficos.

A reunião teve início às 10h00 e o Presidente Sr. Antônio Brum deu as boas-vindas, e comentou sobre as espécies avistadas na observação da manhã. Foram observadas 31 espécies (a lista das aves está publicada em anexo), com grande destaque para o inédito socó-boi.

Depois o associado Glayson Bencke apresentou o relatório sobre a saída de aves pelágicas realizada em Maio, em Rio Grande. Ele comparou as espécies migrantes do norte em Março, também numa saída ao mar em Rio Grande, com as espécies migrantes do sul na saída de Maio. Em apenas dois meses mudou completamente o perfil da avifauna. Também informou sobre a tradicional saída para avistar aves pelágicas que irá ocorrer no final do mês de Junho, na cidade de Torre. As vagas estão esgotadas, mas quem quiser colocar seu nome na lista de espera, deve fazê-lo no Forum do site do COA-POA.

A associada Vanessa Canabarro e seu filho Augusto falaram sobre a participação deles no Avistar em São Paulo. Vários estados estavam representados, mas pouca participação dos COAs aqui do RS e também pouca representação de outros setores do ecoturismo e de guias do RS naquele evento.

Foi lembrado que o AvistTchê 2019 será realizado na região das Missões, no RS.

Foi realizado um intervalo na reunião, para realização da Assembleia Geral Extraordinária do COA-POA conforme convocação feita pelo Presidente. Objetivo foi ajustar o endereço do Clube no parágrafo primeiro do Estatuto, para cumprir obrigações junto a Receita Federal, o que foi amplamente aprovado pelos presentes. Ata específica desta Assembleia será emitida em separado.

Às 11h50m foi encerrada a Assembléia, reiniciando a reunião com comentários e algumas sugestões dos sócios quanto a atividades do Clube:

- escolher uma ave símbolo para P.Alegre (Vanessa). Glayson sugeriu que isso ocorresse depois de algumas ações de divulgação e educação básica sobre a avifauna e a observação de aves para a comunidade;
- educação ambiental para escolas estaduais/municipais da região metropolitana de P. Alegre. Foi sugerido pelo sócio Márcio Godoy a montagem de material que possa ser utilizado nestas ocasiões.
- enviar guia de bolso das aves de Poa para gestores e guarda-parques das UCs localizados na região metropolitana;
- fazer video institucional do COA-POA;
- exposição de fotos na UniLasalle (Odiombar estará verificando);
- passeio no campus da UFRGS (Armando está organizando);

O Sr. Roberto vai solicitar ao Sr. Fabio para abrirmos tópicos no Forum do site do COA-POA sobre estes assuntos para que um número maior de associados opine e participe.

A reunião foi encerrada as 12h30min.

Lista de aves observadas

Clique aqui para baixar a lista.