Na manhã do sábado, dia 15/06/2013, na escolinha do Jardim Botânico em Porto Alegre, o COA-POA promoveu a III Oficina de Iniciação à Observação de Aves.

Com a presença de 37 participantes, Walter Hasenack deu as boas vindas, relatando brevemente a história do COA no Brasil e os Objetivos do COA-POA e as atividades que o Clube desenvolve atualmente.

Seguiram-se as palestras com temas técnicos, apresentadas por Eduardo Chiarani (o que são as aves e porque observá-las) e Glayson Benke (principais grupos de aves que compõe a avifauna do Rio Grande do Sul).

Orientações preciosas para que ninguém "entre numa fria" sobre quando e como observar aves foram dadas aos participantes, de uma forma muito agradável e divertida, pela Maria do Carmo (Duca).

Registrar as observações através de imagens, sons, desenhos ou por escrito é muito importante e Walter Hasenack discorreu brevemente sobre as diversas formas de fazê-lo.

De onde surgem os nomes populares das aves, como é composto um nome científico e dicas de identificação para quem está iniciando na atividade, foram dadas por Eduardo Chiarani, que complementou com as ferramentas que encontramos na internet para auxílio às identificação.

Um breve comentário sobre os diversos guias de campo que há no mercado, suas características, prós e contras de cada um deles, foi dado por Glayson Bencke.

Finalizando a oficina, Walter Hasenack teceu comentários sobre a parte prática da Oficina, que acontecerá durante a saída aberta, no dia 22/06, no Parque Mascarenhas de Moraes, no Bairro Humaitá em Porto Alegre.

A todos os participantes foi oferecido material didático em meio digital e um belo certificado de participação.

 


Foto: Glayson Ariel Bencke

 

 


Foto: Glayson Ariel Bencke

 

 


Foto: Glayson Ariel Bencke