As observações iniciaram às 8h, com a costumeira caminhada para observação de aves no Jardim Botânico. A atividade contou com a presença de 12 participantes e se estendeu até às 9h40min, um pouco mais do que o tempo de 1h que geralmente se costuma fazer. O céu estava bastante nublado e a temperatura bem agradável (em torno de 20°C). Foram observadas 38 espécies (lista completa no relatório), um número bastante expressivo para a época (ainda inverno), quando muitas aves migratórias ainda não chegaram. Por falar em aves migratórias, foram registradas duas espécies consideradas migrantes de curta distância, uma de inverno, o gaturmo-rei (Euphonia cyanocephala), e outra de verão, o besourinho-de-bico-vermelho (Chlorostolbon lucidus). Muito interessante foi a observação de um pica-pau-verde-barrado (Colaptes melanocholoros) utilizando uma estrutura antrópica (a calha no alto de um edifício) para tamborilar. Destacamos, também, a observação de dois indivíduos de gavião-miúdo ou gaviãozinho (Accipiter striatus), sendo que a fêmea estava fazendo um voo territorial, e o registro do beija-flor-de-fronte-violeta (Thalurania glaucopis), uma espécie pouco comum no jardim botânico.

Para baixar o relatório completo, clique aqui.