A observação de aves no Jardim Botânico (JB) iniciou às 8h, estendendo-se até às 9h40min, com uma manhã bastante ensolarada, porém com vento moderado. Ao todo 17 membros do clube participaram dessa atividade. Foram observadas 36 espécies (lista completa a seguir), entre as quais três são migratórias residentes de verão no Rio Grande do Sul: a guaracava-de-bico-curto (Elaenia parvirostris), o suiriri (Tyrannus melancholicus) e o enferrujado (Lathrotriccus euleri). Além da tradicional volta pela ponte, localizada em frente ao prédio administrativo, dessa vez o grupo percorreu uma trilha no interior da mata, na porção norte do parque. Esse percurso permitiu o registro de algumas espécies menos comuns em outras partes do JB, como o pi-puí (Synallaxis cinerascens), o sabiá-coleira (Turdus albicollis) e o picapauzinho-verde-carijó (Veniliornis spilogaster). Destacamos o registro do pichororé (Synallaxis ruficapilla), espécie que até então não constava na lista das aves do JB e que é pouco comum no município de Porto Alegre. Também nesse local um borboletinha-da-mata (Phylloscartes ventralis) fez a alegria dos fotógrafos ao pousar a poucos metros dos observadores, em um local sem galhos na frente.

Relatório

Para baixar o relatório completo, clique aqui.