O dia estava chuvoso e, por isso, não ocorreu a tradicional observação de aves antes da reunião. Porém, alguns associados fizeram observações livres no entorno da escolinha do Jardim Botânico.

Iniciamos a reunião às 9h30, com as boas-vindas do Presidente Roberto Dall’agnol, que apresentou a pauta da reunião do dia e nominou a nova diretoria do clube. Logo em seguida, fez uma apresentação informando os próximos projetos do Clube e possíveis novos projetos, construção do relatório social e a participação do COA-POA no conselho consultivo do Refúgio de Vida Silvestre Banhado dos Pachecos através dos dois integrantes da diretoria, Antônio Brum e Fernanda Ribeiro da Silva.

Também tivemos a apresentação de dois novos associados, a Bióloga Soraya Ribeiro, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Alegre – SMAM, e o Sr. Roberto Botelho, de São Francisco de Paula.

Antônio Brum seguiu a pauta apresentando o calendário de atividades de 2019. Ocorreu uma integração entre os presentes com relação a possibilidade de visitarmos novos locais e um incentivo maior dos próprios associados proporem saídas independentes em Porto Alegre e outras regiões do Estado. Também foi informado que a saída para o Rio dos Sinos ainda depende de confirmação, devido à complexidade da logística envolvida.

Roberto voltou a falar sobre projetos, descrevendo resumidamente como fazer e propor projetos ao Clube. Os projetos poderão ser propostos por qualquer associado e devem estar dentro das cinco linhas, de acordo com os objetivos do COA-POA, que foram propostas pelo Diretor Técnico-Científico Glayson Bencke: pesquisa científica, conservação de espécies e áreas, educação ambiental e sensibilização, promoção da atividade de observação de aves e fortalecimento institucional. Mais informações serão colocadas no site do COA-POA.
O associado Eduardo Chiarani falou sobre o projeto de divulgação científica que foi feita em parceria com o Parque Estadual do Tainhas em escolas e entre produtores da região. Ocorreu a distribuição de guias elaborados para este fim. Roberto Botelho comentou sobre a possibilidade de realizar visitas em escolas de São Francisco de Paula para falar sobre as aves da região e promover a observação de aves como forma de turismo na cidade.

Na sequência, Glayson apresentou os resultados da saída à Floresta Nacional de São Francisco de Paula – FLONA, entre 2 e 5 de março de 2019. Salientou que essa unidade de conservação é uma das mais visitada pelo COA-POA nesses 10 anos desde a reativação do Clube, sendo a oitava visita ao local. A saída ocorreu no feriado de carnaval e o relatório estará disponível no site em breve. Foram observadas 113 espécies de dentro da FLONA e 135 no total, sendo o destaque da saída um grupo de quatro águias-cinzentas, dois adultos e dois imaturos. Glayson aproveitou para mostrar a diferença de idade entre os indivíduos avistados e explicar como estimar a idade de rapinantes de grande porte através da “leitura” do padrão de muda de penas. Uma verdadeira aula.

Finalizando a reunião, Fernanda coletou sugestões para a atividade do Dia Mundial do Meio Ambiente, que será realizado no Parque Municipal Morro do Osso, em Porto Alegre, e o associado Augusto Pötter apresentou fotos do anambé-branco-de-rabo-preto tiradas na FLONA e falou sobre como diferenciá-lo do anambé-branco-de-bochecha-parda, com o qual pode ser confundido pela coloração das penas.

O Associado Gilberto Muller comentou rapidamente sobre a reunião dos COAs-RS realizada em Boqueirão do Leão, onde foi discutido principalmente a realização do AvisTchê em Setembro deste ano, em São Miguel das Missões.

Antônio Brum finalizou a reunião apresentando os resultados da participação do COA-POA no censo de aves limícolas coordenado pela SAVE Brasil no litoral gaúcho. Foram observados 2.367 indivíduos.

Nessa reunião estiveram presentes 17 pessoas.

Fotos

brindes

 

glayson

 

sorteados