O dia estava ensolarado e, na caminhada para observação de aves, foram registradas 20 espécies. Glayson Bencke fez um breve relato das observações e comentou sobre a dificuldade de se avistar um grande número de espécies nessa época do ano.

A reunião na escolinha do Jardim Botânico de Porto Alegre iniciou às 9h, com as boas-vindas do Presidente Roberto Dall’Agnol, que descreveu as próximas atividades do clube, como a saída ao bairro Ponta Grossa, em Porto Alegre, e o Global Big Day, em 4 de Maio. Glayson Bencke informou que serão abertos tópicos para as inscrições no forum.

Em seguida, Jonas Kilpp iniciou a palestra “A águia-cinzenta e rapinantes dos campos de altitude”. Durante a palestra, foi-nos passado um panorama geral sobre o que se sabe acerca da espécie, bem como sobre as principais ameaçadas que a afetam e quais os principais desafios para sua conservação. O assunto rendeu uma proveitosa discussão sobre conflitos de conservação e políticas públicas para mitigá-los.

Logo depois, Fernanda Ribeiro apresentou a programação prévia da reunião alusiva ao dia mundial do meio ambiente, a ser realizada no dia 8 de junho, no Parque Natural do Morro do Osso. Mais informações serão divulgadas nos próximos dias, no site do COA-POA.

Roberto apresentou a saída ao Parque Nacional da Lagoa do Peixe, realizada em 6 e 7 de abril. Na ocasião, foi feito o interessante registro do primeiro maçarico-de-papo-vermelho marcado com bandeirola brasileira (azul escuro H4T) observado pelo COA-POA: a ave foi anilhada no Maranhão. Algumas outras espécies observadas foram: freirinha, viuvinha-de-óculos, bate-bico, trinta-réis, batuíras, maçaricos, talha-mar, e um mandrião-pomarino, sendo este o primeiro registro a espécie pelo COA-POA no P. N. Da Lagoa do Peixe.

Glayson Bencke voltou a faltar sobre outros assuntos, como a coalização formada para fortalecer o Parque Nacional da Lagoa do Peixe, que envolve outras instituições nacionais e internacionais importantes, e sugeriu a adesão do COA-POA.Finalizando a reunião, o associado Jorge Wolff sugeriu uma visita à Reserva Barba Negra, a ser definida para outubro de 2019.

A partir das 11h, foi iniciada, em segunda chamada, a Assembléia Geral Ordinária do COA-POA, que até às 12h15. A ata relatando os assuntos tratados na assembleia e as respectivas deliberações será publicada no site do clube.
Nessa reunião estiveram presentes 31 pessoas.

Lista de espécies observadas

Clique aqui para baixar a lista de espécies observadas durante a caminhada pré-reunião.

Fotos

1

 

2

 

3