Resumo

O COA-POA realizou sua sexta visita ao Parque Nacional da Lagoa do Peixe desde a sua reativação, em 2009. O parque é considerado um santuário de aves migratórias, protegendo diversos ecossistemas importantes para essas espécies e também para aves residentes. Foram observadas 105 espécies nos dois dias em que permanecemos em campo (das 10h do dia 29/03 às 13h do dia 30/03). Os maiores bandos registrados foram de maçarico-branco, com cerca de 2.000 indivíduos ao longo da praia e na barra; maçarico-de-sobre-branco, com aproximadamente 2.000 na barra da Lagoa; biguás, cerca de 3.000 na Estrada da Figueira, e piru-piru, com 500 na praia e 200 na barra da Lagoa. Das espécies observadas, doze foram migrantes de longa distância oriundas do hemisfério norte e quatro provenientes do sul do continente.

Relatório

Para baixar o relatório da saída clique >>aqui<< 

Fotos

 

Lista de saídas