Esta foi a quarta visita do COA-POA ao Parque Estadual do Turvo desde 2011. O parque é a maior reserva florestal protegida do Rio Grande do Sul e, graças à conexão com as extensas florestas do sul da província de Misiones, na Argentina, mantém sua avifauna ainda praticamente íntegra. Como de costume, a excursão rendeu ótimos registros. Vimos ao todo 185 espécies, incluindo nove que não havíamos registrado antes em saídas ao Turvo: mocho-diabo, andorinhão-velho-da-cascata, joão-bobo, choca-de-boné-vermelho, curutié, papinho-amarelo, filipe, vira-bosta-picumã e gaturamo-rei. O total de espécies registradas no interior do parque foi de 147. Os destaques foram o registro do papinho-amarelo, pássaro que permaneceu por muito tempo “desaparecido” no Turvo até seu reencontro em 2013, a arena de pavós na trilha do Lajeado do Fábio, o mocho-diabo na corujada do dia 19 e o pica-pau-de-cara-amarela na estrada do Salto.

Relatório

Para baixar o relatório completo, clique aqui.

Clique aqui para baixar o relatório com informações sobre mamíferos silvestres observados.

Fotos e vídeos

Lista de saídas