No dia 07 de maio de 2017 o COA-POA realizou, pelo segundo ano consecutivo, uma saída exclusiva para observação de aves com “bandeirolas”. Esta saída tem o objetivo específico de registrar aves costeiras migratórias marcadas com bandeirolas e anilhas, contribuindo para o conhecimento e conservação dessas espécies. O pequeno grupo, composto por quatro participantes, iniciou o percurso às 07h45min, em Magistério (Balneário Pinhal), e se deslocou 112 km pela beira da praia, na direção sul, até a entrada do Balneário Mostardense (Mostardas). Após uma breve parada para almoçar, o grupo seguiu pela estrada de terra do Balneário Mostardense, fazendo algumas paradas no caminho para observação de outras aves. Uma semana depois, no dia 13 de maio, o Coa-Poa realizou outra saída ao litoral norte, onde o registro dessas aves marcadas também foi um dos objetivos, mas os detalhes dessa excursão estão no relatório das saídas do Global Big Day.

 

A principal espécie que queríamos registrar era o maçarico-de-papo-vermelho (subespécie Calidris canutus rufa), uma ave que se reproduz no Hemisfério Norte (principalmente no Norte do Canadá) e possui seus principais sítios de invernagem no sul da América do Sul. Entre o final de abril e o início de maio, muitos indivíduos estão retornando para os locais de reprodução, aumentando as chances de serem observados no litoral do Rio Grande do Sul durante essa migração. Alguns desses indivíduos são marcados com “bandeirolas” e/ou anilhas coloridas, o que permite a identificação e individualização das aves.

Durante quatro horas de observação na beira da praia, percorrendo-se o trecho citado, foram avistados apenas 41 de maçarico-de-papo-vermelho, porém, nenhum deles possuía marcação. O maior bando continha 33 indivíduos. No ano anterior (no dia 23/04/2016), na primeira saída do Coa-Poa com esta finalidade, foram contabilizados cerca de 700 indivíduos em apenas 15 km de praia percorridos, sendo que 21 deles estavam marcados/anilhados.

As espécies mais abundantes na beira da praia foram os trinta-réis. Diversos bandos mistos, com até 70 indivíduos de diferentes espécies foram registrados. Muitos destes indivíduos pertenciam a espécies ameaçadas regional e nacionalmente, como o trinta-réis-real (Thalasseus maximus), o trinta-réis-de-bico-amarelo (Thalasseus acuflavidus) e o trinta-réis-de-bico-vermelho (Sterna hirundinacea). Dois bandos grandes de talha-mar (Rynchops niger), com aproximadamente 100 indivíduos cada, também foram observados. O maçarico-branco (Calidris alba) esteve presente em grande número ao longo do trajeto, geralmente em bandos pequenos ou até indivíduos isolados.

Ao todo registramos 54 espécies de aves nessa saída (lista completa no final deste relatório), incluindo aquelas observadas na beira da praia e aquelas encontradas ao longo da estrada do Balneário Mostardense.

Relatório completo

Para ver o relatório completo com fotos, incluindo a lista de todas as espécies observadas, clique aqui.

Lista de saídas