Pela quinta vez desde 2011, o COA-POA visitou o Parque Estadual do Turvo, a maior reserva florestal do Rio Grande do Sul. As fotos recentemente divulgadas de onças-pintadas flagradas no parque serviram como um atrativo a mais aos participantes, além da expectativa de conhecer as aves típicas da região.

Mas... Nada de onças desta vez. Por outro lado, registramos 174 espécies, das quais 135 dentro do parque. Temperaturas muito altas para a época do ano, assim como a antecipação da saída para o início de setembro, mais cedo do que em alguns anos anteriores, são fatores que podem explicar por que não vimos ainda mais espécies em 2017.

Os registros incluíram dois lifers para o COA-POA: o gavião-de-cabeça-cinza e o uirapuru-laranja, este último apenas escutado. Outros destaques foram uma jacutinga bem vista na Lagoa das Marrecas e um bando de taperuçus-velhos sobre a Estrada do Salto.

Relatório

Clique aqui para baixar o relatório completo.

Fotos

Lista de saídas