O Clube de Observadores de Aves de Porto Alegre convida seus associados e amigos a participarem da saída de campo para observação de aves no Parque nacional da Lagoa do Peixe, localizado nos Municípios de Tavares e Mostardas/RS.

Data: 06 a 07 de Abril de 2019.

O ponto de encontro será dia 06/04, às 9hs no Hotel Estrela do Mar, em Mostardas. A viagem de Porto Alegre até Mostardas demora cerca de três horas (não podemos aguardar eventuais atrasos para não prejudicar a programação)

Vagas: 20 pessoas.

Transporte: carros particulares (rateio dos custos entre os ocupantes dos veículos).

Alojamento: Hotel Estrela do Mar, Av Pinheiro Machado 711 - Centro, Mostardas/RS. Os quartos poderão ser duplos, triplos ou quádruplos, dependendo da disponibilidade. Também serão disponibilizados quartos na Pousada Pouso Alegre, Av. Padre Simão, 1117, Mostardas/RS.

Alimentação: Café da manhã incluído na diária. Almoço: sugerimos levar um lanche para comer na trilha. Eventualmente voltaremos a algum local que possua lancheria ou restaurante mas depende das condições do tempo e das trilhas. Jantar será em restaurantes locais, a combinar.

Atividades:

05/04 - Deslocamento do seu local de origem até o Hotel em Mostardas. Pernoite no Hotel.

06/04 - 9:00 Encontro na frente do Hotel. Trilha do Balneário Mostardense, seguindo pela praia, Trilha das Dunas e Talha-Mar

18:00 Encerramento.

20:00 Jantar livre.

07/04 - 7:00 Trilha Barra da Lagoa. Após almoço retorno pela praia. Saída pela Trilha do Talha-Mar ou, opcionalmente, retornar pelo Litoral até o Farol de Mostardas.

16:00 Retorno a P.Alegre.

As atividades poderão ser alteradas no local pela diretoria técnico-científica em função de aspectos técnicos ou climáticos.

Valores: Com uma diária (06/04) R$85,00 sócios em dia com a contribuição anual. R$110,00 sócios-não-contribuintes.

Com duas diárias(05 e 06/04) R$170,00 sócios em dia com a contribuição anual. R$220,00 sócios não-contribuintes.

O valor inclui o hotel (1 ou 2 noites), café da manhã, o instrutor das trilhas e contribuições para a unidade de conservação.

Menores de idade: nesta saída serão admitidos menores de idade entre 12 anos e 16 anos incompletos, acompanhados de pelo menos um dos pais ou responsável.

Menores com 16 anos completos ou mais poderão ir desacompanhados, desde que levem autorização por escrito de pelo menos um dos pais ou responsável legal.

Critério de preenchimento de vagas: As vagas serão preenchidas até o limite acima indicado conforme a ordem cronológica dos pagamentos a serem realizados através de boleto ou cartão de crédito pelo sistema PagSeguro (botões abaixo), de acordo com o seguinte critério:

- Até o dia 31/03/2019 as vagas estarão disponíveis apenas para associados que tenham recolhido a anuidade de 2019.

- A partir de 01/04/2019 as vagas restantes estarão disponíveis também para os associados que não tenham recolhido a anuidade de 2019.

- As inscrições encerram-se impreterivelmente no dia 02/04/2019 às 18:00hs.

  Uma diária Duas diárias
Sócio contribuinte 2019
Sócio não-contribuinte 2019  A partir de 01/04/2019  A partir de 01/04/2019

 

Somente o pagamento garante a vaga ao participante. Pagamentos que eventualmente forem realizados após o preenchimento do limite de vagas serão devolvidos integralmente. Em caso de desistência o valor pago somente será devolvido se houver lista de espera para preenchimento da vaga da pessoa desistente. Inscrição e detalhes da saída: após o pagamento pelos botões abaixo confirme a sua inscrição através do Fórum do COA-POA neste link. Ali você também poderá oferecer, solicitar e combinar caronas e esclarecer dúvidas.

Observações finais:

Leia atentamente as normas de comportamento ético que devem ser seguidas por todos os observadores de aves, conforme consta no Manual de Ética do COA-POA

Leve seu guia de identificação, lista de campo e binóculo.

Proteja-se contra os raios solares intensos no litoral.

É sugerida a utilização de calçados adequados para caminhadas, em trilhas eventualmente enlameadas e levem capa de chuva. 

Providencie meios de transportar água e comida necessária para as caminhadas. 

Se você vai fotografar, não esqueça de levar uma ou mais baterias de reserva (carregadas), bem como cartões de memória suficientes para muitas fotos. 

As condições de trânsito nas trilhas do PARNA Lagoa do Peixe são variáveis em função dos ventos, areia, movimentação das dunas, chuvas. Na maioria das saídas já realizadas os veículos com tração simples conseguiram transitar pelas trilhas. No entanto, devido às condições climáticas os veículos com tração simples, ou com vão livre muito baixo em relação ao solo, podem eventualmente ter dificuldades em ultrapassar alguns trechos.

Lista de saídas