Desde maio de 2009, quando foi reativado, o COA-POA já registrou 499 espécies em suassaídas oficiais para observação de aves. Esse total representa 71% da avifauna do Rio Grande do Sul. A notícia foi dada na reunião do dia 11 de maio, durante a comemoração dos 10 anos de reativação do clube. Nesses 10 anos, foram mais de 100 saídas a 41 diferentes locais do Rio Grande do Sul! Por sua importância, alguns registros mereceram destaque pela Diretoria Técnico-Científica, como o do pica-pau-anão-barrado no Parque Estadual do Espinilho, o primeiro para o estado. Também foram lembrados os encontros com a águia-cinzenta, o pica-pau-de-cara-canela (ave-símbolo do clube), o limpa-folha-miúdo e o cardeal-amarelo, entre outros. Além de surpresa e satisfação, a notícia gerou expectativa entre os associados sobre qual será a 500ª espécie observada pelo COA-POA. Clique aqui para saber quais são as espécies ainda não observadas pelo COA-POA no Rio Grande do Sul. A retrospectiva dos 10 anos de registros do COA-POA pode ser baixada aqui.