Na reunião do dia 31 de maio tivemos a presença de um novo associado, o ornitólogo Cristian Marcelo Joenck. Ao final da reunião ele doou para a biblioteca do COA-POA um exemplar do Atlas Socioambiental dos Municípios de Cidreira, Balneário Pinhal e Palmares do Sul. Cristian é coautor do capítulo que trata das aves. 

O Atlas é uma realização da Universidade de Caxias do Sul (UCS) através do projeto Lagoas Costeiras II, com patrocínio da Petrobrás. 

Trata-se de uma obra belíssima, ricamente ilustrada, que nos ajuda a entender melhor as peculiaridades socioambientais dessa região de lagoas costeiras, que começou a ser estudada há 35 anos e cujo valor ecológico é pouco conhecido e valorizado.

 

A reunião marcada para o dia 31 de maio teve a sua palestra alterada.

O novo tema será apresentado pelo biólogo Jan Karel Felix Mähler Jr. com o título: Os Parque Eólicos e as Aves no Rio Grande do Sul.

Veja a pauta completa clicando >>AQUI<<

O dia 16 de maio de 2014 marca os cinco anos de atividades do COA-POA desde a sua reativação, em 2009. Nesse período, foram cerca de 30 reuniões ordinárias do clube, 34 excursões oficiais para observação de aves, 16 diferentes locais visitados e mais de 400 espécies observadas.

O COA também promoveu três oficinas de iniciação à observação de aves, com um total de 103 participantes, além de saídas abertas e outras atividades envolvendo o público em geral. Importantes conquistas que marcaram essa curta, mas frutífera trajetória incluem a escolha da logomarca do clube, o desenvolvimento do site institucional, a confecção de camisetas personalizadas, a estruturação dos núcleos de atividades, a elaboração do estatuto da entidade e a eleição da sua primeira diretoria "oficial".

A caminhada, evidentemente, também teve seus desafios e dificuldades, superadas com espírito de equipe e com a disposição de fazer mais e melhor dos associados, sempre tendo as aves como inspiração e motivação.

Parabéns ao COA-POA! Parabéns a todos nós! E que juntos possamos seguir ampliando a atuação do clube na busca dos seus objetivos, contribuindo assim para a conservação das nossas aves e de seus ambientes. Obrigado a todos os associados e a todos aqueles que nos apoiaram até aqui.

Leia o editorial com a palavra do presidente do COA-POA sobre esta importante data clicando aqui.

O COA-POA foi novamente convidado para participar da saída marinha para observação de aves pelágicas em Torres.

A data dessa saída coincidiu com a data anteriormente planejada para a reunião de maio. Assim, estamos alterando a data da reunião para o dia 31 de maio.

Teremos assim um mês de maio com três atividades. No dia 18 haverá a saída ao Banhado dos Pachecos, no dia 24 a saída em Torres e no dia 31 a reunião mensal.

Dois guias de identificação que cobrem as aves do Rio Grande do Sul foram adquiridos pelo COA-POA para uso nas atividades do clube.

Os guias estarão à disposição dos participantes das saídas a campo, oficinas e outras atividades externas que envolvam a identificação de aves.

O objetivo é promover a integração e o aprendizado entre os observadores, especialmente os iniciantes.

Em assembléia realizada no sábado, dia 22/03/2014, foi aprovado o Estatuto do Clube de Observadores de Aves de Porto Alegre. 

O Estatuto começou a ser elaborado por uma comissão em reunião realizada em 19/09/2013. Ele atende as condições estabelecidas na lei 9.790/99, mais conhecida como Lei do Terceiro Setor. Ela regulamenta as relações entre Estado e Sociedade Civil e dá espaço à existência das OSCIP's - Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público. 

A ata de constituição foi assinada por 20 pessoas e o texto completo do Estatuto pode ser lido AQUI.

 

 

Sócios fundadores do COA-POA posam com o estatuto recém assinado (Foto: Fabio Duarte)

 

A diretoria do COA-POA para o exercício de 2014 foi eleita na assembleia realizada no sábado, dia 22/03/2014. 

Os membros desta diretoria são: 

Presidente - Walter Hasenack
Vice-presidente - Helena Backes
Diretor técnico-científico - Glayson Ariel Bencke
Diretor de relações institucionais - Maria do Carmo Both
Diretor administrativo-financeiro - Osmar Pedro Sehn
Diretor de tecnologia - Fabio Sidiomar Zamperetti Duarte 

Conselho fiscal:

Titulares - Gilberto Sander Müller, Diógenes Borges Machado, Jair Gilberto Kray
Suplentes - Aurélea Mäder, Marcelo Meller Alievi, Cybele Kelm Marques

Ato Público Contra as Barragens

 

O COA-POA esteve presente ao ato final da Semana de Lutas Contra Barragens, uma manifestação em frente ao Palácio Piratini e Assembleia Legislativa do RS, na tarde da última sexta-feira, dia 14 de março de 2014. A participação do COA-POA foi no sentido de apoiar os organizadores deste evento, liderado por estudantes de Biologia, História e outras faculdades da UFRGS.

Os manifestantes chegaram por volta de 16 horas, gritando palavras de ordem em defesa do patrimônio hídrico do RS. Mais tarde foi improvisada uma reunião campal em forma de uma grande roda de pessoas na esquina da Praça da Matriz. Por mais de 30 minutos foram apresentados os argumentos que são a base desta luta, momento em que o COA-POA também externou o seu apoio a essa iniciativa.

Leia também o que vimos em uma saída do COA-POA ao Parque Estadual do Turvo/Salto Yucumã em: http://walterhasenack.blogspot.com.br/2012/09/situacao-revoltante.html

 

Foto: Glayson A. Bencke

 

 

Foto: Walter Hasenack

 

 

Foto: Walter Hasenack

 

 

Foto: Walter Hasenack

Segue abaixo a relação das chapas inscritas para eleição da diretoria do COA-POA marcada para o próximo sábado (22/03/14).

Houve somente uma chapa inscrita, cuja composição está abaixo:

Chapa 1:
Presidente: Walter Hasenack

Vice-presidente: Helena Backes
Diretor técnico-científico: Glayson Ariel Bencke
Diretor de relações institucionais: Maria do Carmo Both
Diretor administrativo-financeiro: Osmar Sehn
Diretor de tecnologia: Fabio Duarte

Conselho fiscal:
Titulares: Gilberto Sander Müller, Diógenes Borges Machado, Jair Gilberto Kray
Suplentes: Aurélea Mäder, Marcelo Alievi, Cybele Kelm Marques

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL PARA APROVAÇÃO DE ESTATUTOS E ELEIÇÃO DE DIRETORIA DO COA-POA


O Clube de Observadores de Aves de Porto Alegre (COA-POA) CONVOCA através do presente edital, todos os associados contribuintes que quitaram a anuidade de 2013 ou de 2014 a participarem da Assembleia Geral, no dia 22 de março de 2014, na Escolinha do Jardim Botânico de Porto Alegre, com a seguinte ordem do dia:

1- Apreciação dos relatórios de atividades do ano de 2013.
2- Apreciação e aprovação do Estatuto do COA-POA.
3- Eleição da Diretoria e Conselho Fiscal do COA-POA para o exercício de 2014.

A Assembléia Geral instalar-se-á em primeira convocação às 9:30 horas, com a presença da maioria dos associados e, em segunda convocação, com qualquer número, meia hora depois.

As chapas para eleição de diretoria e conselho fiscal deverão ser inscritas até 5 dias antes da data da Assembleia Geral, através de e-mail enviado ao endereço contato@coapoa.org. Somente poderão participar das chapas os associados que recolheram a anuidade de 2013 ou de 2014.


Porto Alegre, 05 de março de 2014.
___________________________
Walter Hasenack
Conselho de Elaboração do Estatuto

Neste ano o COA-POA irá marcar presença em comemoração ao Dia da Ave.

Teremos um estande no dia 6, próximo domingo, lá em frente ao Brique da Redenção!

Vão estar expostos os banners do COA, os folders, mais alguns posters sobre a diversidade da nossa avifauna e sobre as ameaças que as aves sofrem.

Teremos também algumas atividades voltadas às crianças.

 

Após a recente redescoberta do jaó-do-litoral (Crypturellus noctivagus) no Rio Grande do Sul (ver http://www.checklist.org.br/getpdf?NGD136-10), outra ave considerada extinta no estado, o jacupemba (Penelope superciliaris), acaba de deixar a lista das espécies desaparecidas do território gaúcho.

A boa notícia foi dada pelo ornitólogo Dante Meller, atual gestor do Parque Estadual do Turvo, no extremo norte do estado. Dante conseguiu um flagrante fotográfico da espécie no parque, onde há muito se suspeitava que ela pudesse estar presente, já que ocorre no território argentino adjacente.

O jacupemba, ou jacu-velho, era considerado extinto no estado desde a década de 1980 e não havia registros confirmados no RS desde o final do século XIX. Mais informações em http://avemissoes.blogspot.com.br/2013/09/jacus-do-rs-especie-redescoberta-no.html