Iniciamos as atividades, antes da reunião na escolinha, fazendo a costumeira observação de aves no Jardim Botânico, que durou duas horas (das 8h até as 10h). Um dia muito bonito, sem vento, sol e temperatura agradável. Muitos filhotes e ninhos observados ao longo do trajeto (nove espécies em atividade de reprodução confirmada), em especial os filhotes de tapicuru (Phimosus infuscatus) escondidos na vegetação do lago dos cisnes, e um filhote de chupim (Molothrus bonariensis) junto com um filhote de tico-tico. No total foram registradas 51 espécies (lista abaixo), das quais oito são consideradas migratórias. Realmente um dia especial pois batemos o recorde de aves registradas durante as observações antes das reuniões mensais no JB. O recorde anterior havia sido em 05/11/2016, com 46 espécies registradas naquela ocasião, porém em apenas uma hora de observação (dessa vez foram duas horas).

Destaque para o vira-bosta-picumã ou chupim-azeviche (Molothrus rufoaxillaris), confirmado pela primeira vez no Jardim Botânico, e para uma coruja-orelhuda (Asio clamator), a qual permitiu belas fotos na trilha da mata no lado norte do JB. Também avistamos um trio de gaviões-carijó (Rupornis magnirostris) sobrevoando a área próximo ao anfiteatro, um deles mudando uma das primárias. No retorno pelo campo do anfiteatro observamos um casal de quero-queros (Vanellus chilensis) defendendo da maneira usual um ninho com dois ovos.

A reunião começou às 10:00 hs com o Sr. Antônio de Brum abrindo os trabalhos. Foi informado que a saída à APA Banhado Grande (Chicolomã) foi adiada para o dia 24/11, sendo o ponto de encontro no Café/Restaurante Maquiné em Sto. Antônio da Patrulha, às 8:00hs.

Foi lembrado também que no feriado do dia 15/11 e fim-de-semana 17/11 participaremos do Festival de Aves Migratórias em Mostardas/Tavares. Os colegas Fabio Duarte e Jair Kray irão ministrar um curso sobre fotografia e observação de aves. Todos estão convidados a participar deste belo evento e prestigiar as atividades no PN Lagoa do Peixe.

O Antônio comentou sobre a saída realizada na Reserva Biológica do Lami, área muito bem preservada com variedades de ambientes de mata, campo e banhados. Não observamos muitas espécies, mas a área tem muito potencial e talvez façamos uma saída de dia inteiro no próximo ano.

O encontro de final de ano será dia 01 ou 02 de Dezembro na casa/sítio do colega Glauco. Será informado local/data e detalhes nas próxima semana. Existe um tópico no Forum para o associado votar escolhendo sua data preferida.

Encerramos a reunião às 10:45hs para realização da Assembléia Geral, conforme havia sido informado por Edital publicado em 30/10/2018.

Fotos

5

Grupo do Coa-Poa registrando o recorde de espécies de aves observadas em uma reunião no Jardim Botânico. Foto: Glauco Magalhães.

 

1

Vira-bosta-picumã. Foto: Roberto Dall’Agnol

 

2

Coruja-orelhuda. Foto: Glauco Magalhães

 

3

Quero-quero. Foto: Roberto Dall’Agnol

 

4

Ninho de quero-quero. Foto: Roberto Dall’Agnol

 

Lista de aves observadas

Acesse este link para baixar o relatório completo da reunião, incluindo a lista de aves observadas ao final.

Os sócios do Clube se reuniram às 8:15h, dando início à observação de aves no Jardim Botânico. O tempo estava fechado e com pancadas de chuva, que foram se intensificando e tivemos que cancelar a observação após 30 min. do início. Ainda assim foi possível visualizar 22 espécies, conforme lista anexa.

Após o passeio para observação de aves, foi iniciada a reunião com uma breve apresentação da saída do dia 22 de setembro de 2018, no Parque Mascarenhas de Moraes em Porto Alegre, com mostra de algumas fotos que podem ser conferidas no relatório da saída publicada no site.

Em seqüência o associado Roberto falou sobre a Oficina de Observação de Aves realizada pelo COA no Parque Eólico de Osório, ressaltando os resultados positivos e satisfatório que teve a oficina frente a administração do parque e as pessoas que participaram do evento, frisando que eventos do tipo devem ser incentivados para a próxima gestão.

Seguiu fazendo uma descrição sobre as questões fiscais e jurídicas envolvendo a associação, especialmente sobre a natureza jurídica do clube e como devem ser guiados os atos das pessoas envolvidas nas atividades do clube. Destacou que todas as atividades do CoA/POA devem ser fotografadas e registradas para comprovação do cumprimento de suas funções sociais.

Foi realizado um intervalo de 15 min. e no retorno a associada Fernanda falou sobre a atividade que a mesma realizou com crianças do ensino fundamental em uma escola de São Leopoldo, professora Rosmari. Também comentou sobre a participação do COA/POA na semana acadêmica a ser realizada na Universidade Luterana do Brasil – ULBRA, aos alunos do curso de biologia, onde será realizada uma atividade de observação de aves no campus, tendo como monitores Antônio Brum e Fernanda. Bem como, durante toda a semana acadêmica o COA/POA estará expondo o varal fotográfico.

Após debates sobre assuntos diversos sobre as atividades do COA, especialmente para o próximo ano, foi reforçado o comparecimento na próxima reunião, dia 10 de novembro de 2018, onde se fará Assembléia Geral para eleição da nova diretoria. Ao final, também, foram sugeridos os dias 01 ou 02 de dezembro de 2018, para a confraternização dos associados do Clube, que deverão votar pelo forum a data de preferência neste link.

A reunião foi encerrada às 11:00h e estiveram presentes 9 integrantes do Clube.

Prezados associados,

usando a prerrogativa que me compete, diante do Estatuto dos Observadores de Aves de Porto Alegre – RS, convoco todos os sócios para Assembleia Geral Ordinária que será realizada dia 10 de novembro de 2018, na Escolinha do Jardim Botânico de Porto Alegre – RS, localizada na Rua Dr. Salvador França, 1427, cep 90.690-000, Porto Alegre – RS. 

Ordem do dia: 1º - Eleição da diretoria e Conselho Fiscal para a gestão de 2019. 2º - Demais assuntos de interesse do Clube. 

Primeira chamada às 10:30 horas, Segunda chamada às 11:00 horas. Se na segunda chamada não estiverem presentes a metade dos sócios mais um para deliberarem, a assembleia será realizada com o número de sócios presentes, como prevê o estatuto. 

Só poderão ter direito a voto os associados que estiverem quites com a anuidade de 2018.

Porto Alegre, 31 de outubro de 2018. 

Antônio Coimbra de Brum
Presidente.