No dia 1° de dezembro de 2018 ocorreu a confraternização de final de ano do Clube de Observadores de Aves de Porto Alegre. A confraternização foi realizada no salão de festas do Condomínio Goufe II, em Águas Claras - Viamão, gentilmente cedido pelo sócio Glauco Magalhães, que também nos recebeu em sua casa no referido condomínio. Na ocasião, os participantes tiveram a oportunidade, durante a manhã, de realizar uma observação de aves dentro do recinto, que conta com duas APPs (áreas de proteção permanente), lagos e matas nativas, todas em bom estado de preservação.

Foram registradas 48 espécies de aves no local (a lista pode ser acessada ao final), destaque ao azulinho e filhote do pica-pau-verde-barrado. No mesmo local os participantes puderam apreciar uma perseguição de um chimango por 7(sete) tesourinhas que o expulsavam do local. Os participantes também puderam observar, na mata nativa, uma capela de bugios, que descansavam passivamente na copa das árvores e não se afastaram com a presença do grupo.

Leia mais...

No dia 06 de outubro de 2018, o COA-POA realizou a VII Oficina de Observação de Aves para Iniciantes. Diferentemente das vezes anteriores, onde a oficina era ministrada no Jardim Botânico de Porto Alegre, dessa vez o evento foi realizado em Osório, no Complexo Eólico Osório, com o apoio do Grupo Enerfin.

Com a presença de 14 participantes, alguns deles já associados ao COA-POA, mais cinco membros do Clube responsáveis pela organização/apresentação do evento, a Oficina iniciou com a parte prática de observação de aves em uma parada no caminho até o auditório da Enerfin. Após algumas explicações/dicas iniciais sobre a atividade de observação de aves, dadas por Glayson Bencke, o grupo registrou as primeiras aves do dia, ao longo de uma estrada de terra cercada por campos secos e áreas úmidas.

Baixe o reatório completo da VII Oficina acessando este link.

Iniciamos as atividades, antes da reunião na escolinha, fazendo a costumeira observação de aves no Jardim Botânico, que durou duas horas (das 8h até as 10h). Um dia muito bonito, sem vento, sol e temperatura agradável. Muitos filhotes e ninhos observados ao longo do trajeto (nove espécies em atividade de reprodução confirmada), em especial os filhotes de tapicuru (Phimosus infuscatus) escondidos na vegetação do lago dos cisnes, e um filhote de chupim (Molothrus bonariensis) junto com um filhote de tico-tico. No total foram registradas 51 espécies (lista abaixo), das quais oito são consideradas migratórias. Realmente um dia especial pois batemos o recorde de aves registradas durante as observações antes das reuniões mensais no JB. O recorde anterior havia sido em 05/11/2016, com 46 espécies registradas naquela ocasião, porém em apenas uma hora de observação (dessa vez foram duas horas).

Destaque para o vira-bosta-picumã ou chupim-azeviche (Molothrus rufoaxillaris), confirmado pela primeira vez no Jardim Botânico, e para uma coruja-orelhuda (Asio clamator), a qual permitiu belas fotos na trilha da mata no lado norte do JB. Também avistamos um trio de gaviões-carijó (Rupornis magnirostris) sobrevoando a área próximo ao anfiteatro, um deles mudando uma das primárias. No retorno pelo campo do anfiteatro observamos um casal de quero-queros (Vanellus chilensis) defendendo da maneira usual um ninho com dois ovos.

A reunião começou às 10:00 hs com o Sr. Antônio de Brum abrindo os trabalhos. Foi informado que a saída à APA Banhado Grande (Chicolomã) foi adiada para o dia 24/11, sendo o ponto de encontro no Café/Restaurante Maquiné em Sto. Antônio da Patrulha, às 8:00hs.

Foi lembrado também que no feriado do dia 15/11 e fim-de-semana 17/11 participaremos do Festival de Aves Migratórias em Mostardas/Tavares. Os colegas Fabio Duarte e Jair Kray irão ministrar um curso sobre fotografia e observação de aves. Todos estão convidados a participar deste belo evento e prestigiar as atividades no PN Lagoa do Peixe.

O Antônio comentou sobre a saída realizada na Reserva Biológica do Lami, área muito bem preservada com variedades de ambientes de mata, campo e banhados. Não observamos muitas espécies, mas a área tem muito potencial e talvez façamos uma saída de dia inteiro no próximo ano.

O encontro de final de ano será dia 01 ou 02 de Dezembro na casa/sítio do colega Glauco. Será informado local/data e detalhes nas próxima semana. Existe um tópico no Forum para o associado votar escolhendo sua data preferida.

Encerramos a reunião às 10:45hs para realização da Assembléia Geral, conforme havia sido informado por Edital publicado em 30/10/2018.

Fotos

5

Grupo do Coa-Poa registrando o recorde de espécies de aves observadas em uma reunião no Jardim Botânico. Foto: Glauco Magalhães.

 

1

Vira-bosta-picumã. Foto: Roberto Dall’Agnol

 

2

Coruja-orelhuda. Foto: Glauco Magalhães

 

3

Quero-quero. Foto: Roberto Dall’Agnol

 

4

Ninho de quero-quero. Foto: Roberto Dall’Agnol

 

Lista de aves observadas

Acesse este link para baixar o relatório completo da reunião, incluindo a lista de aves observadas ao final.